quarta-feira, 2 de abril de 2014

Entrevista Com a Autora Vanessa Nilo



Olá, meus amigos e leitores!

Esse mês estamos entrevistando Vanessa Nilo a autora do livro A Jornada de um Herdeiro - Adaga de Dois Gumes. O livro faz parte de uma trilogia. Aproveito para agradecer mais uma vez a Vanessa Nilo, que respondeu a todas as perguntas de uma forma muito carinhosa.


Biografia da Autora:

Nascida em Minas Gerais, mas há dez anos morando no interior de São Paulo, é formada em técnica ambiental. Seu primeiro livro publicado é o volume I de uma trilogia fantástica. Pretende cursar Ecologia e, no futuro, História. É leitora assídua e trabalha, atualmente, com revisão ortográfica e gramatical.

Vamos agora conhecer um pouco mais da autora Vanessa Nilo.

Marcia Pimentel - Quando começou a escrever? E o que(ou quem) a motivou a escrever?

Vanessa Nilo - Bom, eu comecei aos 14 anos ( já quase aos quinze ). Foi um pouco antes dessa época que eu me tornei uma leitora assídua indo toda as semanas até a biblioteca local que ficava muito próxima à escola onde eu estudava. Nunca cheguei a pensar, de fato, em escrever algo, porém um dia aconteceu, quando eu lavava louças, rsrs, de flutuar um nome nos meus pensamentos. Era " Arian" e se tornou o nome de meu principal personagem. Naquele mesmo dia sentei em frente ao computador e escrevi algumas páginas. Nascia, então, as primeiras linhas de um trabalho que levou bastante tempo até se finalizar.


MP - No Brasil, sabemos que a leitura não é um hábito da população em geral. Quantos livros em média você lê por mês?

VN - Eu leio, por volta, de quatro a seis livros por mês, depende se eu estiver escrevendo nesse caso o número diminui.

MP - Você encontrou dificuldades para publicar seu primeiro livro?

VN - Sim e ainda encontro. Publiquei meu livro por plataformas independentes que disponibilizam seu livro virtual e físico para compra e nesta questão o maior ponto negativo é o preço final do livro que fica um pouco acima da média. Eu ainda procuro editoras tradicionais mas é um campo difícil. Primeiro porque existe muita concorrência, escritores novos estão surgindo - o que é ótimo. E segundo porque creio que o mais difícil seja se adequar aos padrões "best sellers" que vemos hoje.

MP - Sei bem como é esse problema, Vanessa, pois também sou uma autora independente. Continuando a entrevista, me diga como seleciona os temas para suas histórias?

VN - Eu sou uma escritora-improvisadora. Se sonho com algo que possa ser interessante anoto a ideia e, porventura, vou trabalhando nela. Como contos, se eu vou ao mercado e vejo alguém estranho fazendo algo diferente já imagino a cena se tornando algo escrito, então não perco a chance e escrevo o mais rápido possível. Às vezes ocorre de pensar em algum tema específico, como se for participar de um concurso literário, e daí tecer algo em volta de um tema, mas em geral vem de súbito.

MP - Em que momentos você escreve? Como as histórias surgem para você?

VN - Prefiro escrever em momentos de quietude, não importa se de manhã, madrugada, à tarde... Quando a minha família toda está em casa vendo TV, fazendo comida e brincando com os cachorros isso me distrai muito e não consigo criar direito. Portanto, quando tudo fica em silêncio é o meu momento! As histórias surgem de sonhos - um campo imensamente fértil - ou do próprio cotidiano onde simples viagens de ônibus me dão ideias para personagens, ações, misturados à fantasia; assim, baseada em alguns critérios reais surge algo totalmente fantasioso e fantástico.


MP - O livro A Jornada de um Herdeiro - Adaga de Dois Gumes, é o seu primeiro livro?

VN - Sim, eu iniciei-o há cinco anos - enquanto lavava louça rsrs. Ele é o primeiro volume de uma trilogia e apesar de eu ter outros projetos de livros em andamento a trilogia é minha favorita, talvez por ser o projeto que me tomou mais tempo, que evoluiu de uma forma que eu não esperava e se tornou o que é hoje. 

MP - Nos conte um pouco mais sobre Arian di Lônios, o personagem principal.

VN - Bom, o Arian é um rapaz muito calmo e calado. Não posso dizer que ele seja entusiasmado, mas a felicidade que ele tem é algo muito sereno em seu coração. Por uma condição física que ele possui nos olhos ele não desperta boa afeição por parte dos vizinhos do vilarejo onde ele vive, o que não o incomoda de fato. No primeiro livro Arian muda muito, ele passa de um rapaz bobo, sem muita perspectiva, para um jovem mais maduro e apaixonado que começa a vislumbrar o início da vida adulta, ele inicia uma série de escolhas que vão moldando seu caráter e o desvencilhando do primeiro Arian, aquele mais moleque.

MP - Quais os seus projetos futuros?

VN - O principal projeto é o término da trilogia. O volume II eu já tenho por volta de um terço pronto e já possuo muita coisa previamente definida para o último volume. Espero até o ano que vem, 2015, findar com a trilogia e partir para meus outros livros que são de gêneros completamente diferentes da fantasia.

MP - Obrigada Vanessa por ter nos contado um pouco sobre você e seus livros. Agora deixe um recado para os leitores e amigos do Blog Marcia Pimentel, e para quem deseja ser escritor(a).

VN - Eu que agradeço o convite. A você, Marcia Pimentel, desejo-te sucesso em seus livros! Àqueles que desejam se tornar escritores eu digo que devem prosseguir, lapidando seus conhecimentos da língua,  lendo muito, escrevendo e reescrevendo e não desistindo nos momentos onde o "bloqueio criativo" surgir. A escrita é sempre uma evolução! 



Deus?
Deusa. 

 Filhos?
Sem planos ainda. 

 Amor?
Cultivar a cada dia.

 Saudade?
Da infância. 

 Uma lembrança?
A luz dourada na casa dos meus avós.

Um sonho?
Meus livros traduzidos.

 Escrever?
Uma paixão.

Uma viagem?
Savana na África.  

Uma cor?
Azul.

Um livro? 
Werther, de Goethe. 

 Um filme? 
A Pequena Miss Sunshine.

Uma frase?
" Ele prefere a sabedoria desafortunada à insensatez com fortuna, ainda que pense que o melhor de tudo é que nas ações o juízo sábio seja acompanhado da fortuna próspera." - Voltaire.


Compre o livro na livraria CLUBE DE AUTORES
https://clubedeautores.com.br/book/162073--A_Jornada_de_um_Herdeiro

Coloque o livro em sua estante no site SKOOB
 http://www.skoob.com.br/livro/361917



:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

11 comentários:

  1. Olá,

    Ótima entrevista.
    Com certeza a autora Vanessa tem um futuro promissor na literatura.
    O gênero fantasia são os meus livros preferidos.

    Marcos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou da entrevista, Marcos, fico feliz!

      Excluir
  2. Que coisa mais incrivelmente bela. Uma inspiração para qualquer autor. Parabens pela entrevista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lucas Moraga, nada a dizer, você é uma graça!

      Excluir
  3. Oi
    Sou um autor novato,
    começando agora na estrada da literatura.
    Estou terminando agora o meu primeiro livro, que é um romance policial.
    Vou enviar para algumas editoras e senão tiver nenhum resposta no tempo
    que vou estipular para mim mesmo,
    vou publicá-lo de forma independente.
    Gostei muito do seu conselho Vanessa, tenha a certeza que vou segui-lo.
    Quem sabe não possamos fazer uma parceria no futuro.
    Boa sorte com o seu livro e que ele seja um grande sucesso.

    Autor: Antônio Paulo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Antônio Paulo !
      Que bom que você está escrevendo, pode me adicionar no Facebook para papearmos qualquer dia, viu?
      Obrigada pelos votos de sucesso!

      Um abraço!

      Excluir
  4. Que coisa linda de ser ver. Vanessa, te tenho como grande fonte de inspiração.
    Sucesso em sua carreira que está começando.
    Ótima entrevista.
    Abraço. <3

    Ass: Marcelo Rocha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelas gentis palavras, Marcelo, você é um querido!

      Grande abraço!!

      Excluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. O Nobel que nos aguarde, minha pequena futura sexy esposa. Derrubaremos o hotel no qual ficaremos, te matarei por falta de ar de tão apaixonado que sou por você! Matarei 3 galinhas para amarrar o nosso amor! Beijos, my love, my valentine, my precious!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu amor platônico unilateral me comove, caríssimo sir Aude.

      E o Nobel, de fato, vou dedicar à você!

      Excluir

Obrigada pela visita e fique à vontade para comentar. Assim que der responderei seu comentário. Deixe a URL do seu blog para que eu possa lhe fazer uma visitinha. Beijos!!!!